PRIMEIRO OLHAR: V FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO PARA BEBÊS

Com foco no intercâmbio de linguagens no Teatro para Bebês – contemplando música, dança e teatro – o Primeiro Olhar - V Festival Internacional de Teatro para Bebês acontece de 13 de agosto a 4 de setembro, em São Bernardo do Campo (no CLAC – Centro Livre de Artes Cênicas) e de 20 de agosto a 4 de setembro de 2016, em São Paulo (no Espaço Sobrevento). As apresentações têm entrada franca e acontecem aos sábados e domingos, às 11h e 14h.

Com realização do Grupo Sobrevento, a quinta edição reunirá grupos do Brasil, da Espanha e do Chile. A Cia La Casa Incierta (Espanha) apresenta Quem era eu antes de ser eu. A Cia. Manada (Chile) traz o espetáculo Vaga-Lumes. Representando o Brasil, o festival traz Achadouros, criação coletiva de Brasília e o espetáculo cênico-musical Crianceiras Bebê, de Márcio de Camillo (Mato Grosso do Sul). O Grupo Sobrevento apresenta a pré-estreia de sua nova criação - Terra -, além de dois espetáculos de seu repertório, Meu Jardim e Bailarina.

Destinado à primeira infância, o festival contará com uma programação de 26 apresentações, 2 exposições interativas, 1 oficina de Teatro para Bebês - direcionada a artistas e educadores -, 1 mesa-redonda com o tema Arte na Primeira Infância e a exibição do documentário O Começo da Vida, de Estela Renner. O projeto é realizado com o apoio da Prefeitura de São Bernardo do Campo e do Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Confira a programação:

13 e 14 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo - Espetáculo Crianceiras Bebê com MÁRCIO DE CAMILLO | MATO GROSSO DO SUL_BRASIL

Crianceiras Bebê é um espetáculo cênico-musical para a primeira infância, onde o cantor e compositor Márcio de Camillo apresenta poemas de Mario Quintana, que musicou. No show, Márcio toca diferentes instrumentos de corda - violão, viola caipira, mandoline e braguinha - e é acompanhado pela percussionista cênica e orquestral Nath Calan, que também se vale de um grande número de instrumentos de percussão, em busca de ritmos e sonoridades surpreendentes, tanto para as crianças de seis meses a três anos de idade, quanto para os adultos que as acompanham. Primeiro show musical para bebês de que temos notícia no país, Crianceiras Bebê enfrenta os preconceitos que associam o gosto da primeira infância a certos instrumentos, sons, ritmos e repertórios e busca revelar aos bebês o encanto e a grande riqueza da música popular, das canções e da poesia brasileiras. Márcio De Camillo é cantor, compositor e instrumentista, criado no Mato Grosso do Sul, cenário que compôs a base inicial do seu estilo musical. Em duas décadas de carreira, Márcio De Camillo lançou oito CDs e um DVD. É criador do Projeto Crianceiras, que consiste em musicar, para crianças, a obra de poetas brasileiros e apresentar as canções em CDs e espetáculos cênico-musicais. Crianceiras 1 reúne poesias de Manoel de Barros e seu show, já há 4 anos em circulação, apresentou-se em cidades brasileiras de diferentes estados - MS, SP, RJ, MT, MG, SC e no DF, sempre com grandes plateias. Crianceiras 2, por sua vez, reúne poesias de Mario Quintana e teve o seu CD lançado recentemente. Ambos os CDs foram indicados para o Premio da Música Brasileira na categoria "Melhor Álbum Infantil".

20 e 21 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo >>> 28 de agosto, às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo - Espetáculo Terra com o GRUPO SOBREVENTO

Uma mulher pisa na terra. Fazia tempo que não sentia a terra nos seus pés. Ao senti-la, lembra do carinho que brota da terra. Desenterra os seus segredos, que são as coisas pequenas de que é feito o amor e que cultivamos na terra. Inspirado na ideia de que as crianças costumam enterrar coisas que lhes são significativas, Sandra Vargas cria um texto que fala de memória, dos laços afetivos e do amor que está dentro de todos nós e que é a base de todo ser humano. O GRUPO SOBREVENTO é uma das companhias brasileiras de Teatro que mais se apresentam no exterior. No Brasil, realizou diversos eventos internacionais e faz a curadoria de muitos Festivais Internacionais de Teatro e de Teatro de Animação, sua especialidade. Tem renome internacional e uma carreira sólida de 30 anos. Tem recebido prêmios ou indicações para prêmios (Mambembe, APCA, Shell e Estímulo) e críticas elogiosas que destacam principalmente o aspecto da pesquisa e a inovação em cada montagem. Realiza, em parceria com a Cía. La Casa Incierta, desde 2010, a Mostra PRIMEIRO OLHAR - Festival Internacional de Teatro para Bebês, em São Bernardo do Campo e São Paulo. Em 2011, realizou o PRIMEIRO TEATRO: I Ciclo Internacional de Teatro para Bebês, em Brasília e no Rio de Janeiro.

20 e 21 de agosto, às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo - Espetáculo Vaga-Lumes com a CIA. MANADA | CHILE

Adormecidas em uma pequena poça de água, elas sonham com os sons que vem do bosque: a água, o vento, a água da chuva. E quando acordam? O que elas fazem? Vaga-Lumes é um espetáculo que une o balé a um suporte multimídia: o video-mapping. O espetáculo se baseia em uma pesquisa visual e cognitiva junto às crianças de 0 a 3 anos. A dança se mostra como um jogo divertido e natural, explorando movimentos como pular, esticar-se, inclinar-se, elevar-se, girar, deslizar-se, não perdendo de vista a criação de uma coreografia poética e delicada. A Cia. MANADA é um coletivo formado por atores, dançarinos e artistas visuais, liderados por Francisco Medina. A companhia reúne artistas profissionais do mais alto nível artístico e técnico, buscando um apuro nas suas encenações, que podem ser voltadas para diferentes públicos. Vaga-Lumes é o seu primeiro trabalho destinado à Primeira Infância. Estreado em 2015, já conquistou um grande êxito no Chile, vencendo a desconfiança provocada por seu trabalho pioneiro.

27 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo - Espetáculo Bailarina com o GRUPO SOBREVENTO

Uma mulher recebe de presente, de sua filha, uma caixinha de música, com uma bailarina. Entre colares e a dança da bailarina, ela se lembra dos sonhos esquecidos e abandonados e questiona o equilíbrio que buscou e que encontrou. Esta conquista, porém, afastou-a do risco, do medo, da queda e das emoções mais profundas que sua filha – agora, do mesmo modo que quando era pequena – teima em despertar. Bailarina é um espetáculo muito íntimo e delicado, feito de silêncios, ações físicas, utilização de objetos, valorização das mínimas ações: pequenas coisas que, na relação com a primeira infância, tomam uma dimensão muito maior.

27 de agosto às 11h e às 14h |Espaço Sobrevento – São Paulo >>> 28 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo - Espetáculo Achadouros - CRIAÇÃO COLETIVA| DF_BRASIL

O ser humano e sua chegada no mundo. Vestígios de degradação ou matéria prima para criação? Um universo a ser desvendado. A percepção de si, do outro, das diversas formas de vida. O poder imaginativo que leva à transformação e à reorganização da realidade. Duas personagens convidam o público a aventurar-se com elas em seu quintal imaginário. O espetáculo conduz o espectador a uma arqueologia das memórias da infância e apresenta a cada um a possibilidade de escrever sua própria história. É uma poesia de esperança na capacidade criativa do ser humano e no poder regenerativo da natureza. O espetáculo trabalha com o conceito de “ressignificação” dos objetos. Como é o caso das inúmeras sacolas de plástico na cor branca compondo o cenário, que hora se transformam em galinha, cachorro, peixe e até borboletas que – literalmente – voam e também assumem o papel de água do mar, do rio ou do lago. ACHADOUROS foi criado em 2015, inspirado no livro de poesias “Memórias inventadas – para crianças” do poeta cuiabano Manoel de Barros. Recentemente ganhou o prêmio SESC de Teatro Candango de 2015, como melhor espetáculo infantil. As atrizes Caísa Tibúrcio e Nara Faria estudaram o universo infantil, em visitas a uma creche, durante um mês, na companhia do diretor teatral José Regino. O resultado desse aprendizado foi essencial para a montagem de ACHADOUROS - primeiro espetáculo do Coletivo.

3 de setembro, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo - Espetáculo Meu Jardim com o GRUPO SOBREVENTO

Entediado, em meio a um deserto, um viajante decide criar um jardim. Mas como fazê-lo? A partir do texto da autora belga de origem iraniana Mandana Sadat, o Grupo Sobrevento compõe um espetáculo que fala de esperança, de sonho, do desejo e da possibilidade de transformar o mundo, em uma paisagem que poderia ser o Irã, como poderia ser o Brasil. A montagem utiliza elementos visuais e sonoros próprios da cultura brasileira, que a aproximam da cultura iraniana e que, curiosamente, parecerão familiares a cidadãos de todo o mundo.

3 de setembro às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo >>> 4 de setembro, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo - Espetáculo Quem era eu antes de ser eu com a CIA. LA CASA INCIERTA | ESPANHA

Uma experiência teatral para mães, pais, recém-nascidos e crianças. Entre pais e bebês, há um mundo que transforma o mundo. O texto foi criado a partir da pergunta de nossa filha: “E o que aconteceu antes? Onde eu estava quando eu ainda não era eu?”. Não soubemos responder... E balbuciamos, torpemente... E nossa filha continuou: “Não me lembro.. antes de eu nascer... não me lembro”. E por um momento, pensamos no que teria acontecido se nossa filha, que nos perguntava isso com dois anos e meio de idade, não tivesse nascido. LA CASA INCIERTA é precursora do Teatro para Bebês na Espanha e direciona seu trabalho a este público há 16 anos. Realizou oito ciclos internacionais de Teatro para Bebês em seu país. Seu diretor, Carlos Laredo, dirigiu por 10 anos o Festival Teatralia, um dos maiores eventos de artes para crianças da Europa, e também ocupou a direção da Rede de Teatros de Madri. É parceira do Sobrevento na criação e realização das Mostras PRIMEIRO TEATRO e PRIMERO OLHAR e organiza em Brasília, em 2016, a terceira edição do PRIMEIRO OLHAR naquela cidade.

4 de setembro, às 11h | Espaço Sobrevento – São Paulo - Documentário O começo da vida, de ESTELA RENNER | BRASIL

Uma análise aprofundada e um retrato apaixonado sobre os primeiros mil dias de um recém-nascido, o verdadeiro começo da vida de um ser humano, tempo considerado crucial pós-nascimento para o desenvolvimento saudável da criança, tanto na infância quanto na vida adulta, onde os pais precisam ter o maior cuidado, amor e carinho possível. O Começo da Vida convida todo mundo a refletir como parte da sociedade: estamos cuidando bem dos primeiros anos de vida, que definem tanto o presente quanto o futuro da humanidade?

30 e 31 de agosto; 1 de setembro, das 19h às 21h30 - CENFORPE | Centro de Formação dos Profissionais da Educação Ruth Cardoso - Oficina Teatro para Bebês

2 de setembro, às 19h | CENFORPE - Centro de Formação dos Profissionais da Educação Ruth Cardoso - Mesa-Redonda Arte na Primeira Infância com Cia. La Casa Incierta, Grupo Sobrevento e Elaine Lindolfo da Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo

O CLAC – Centro Livre de Artes Cênicas fica na Praça São José, 240 – Baeta Neves – São Bernardo do Campo – Telefone: (11) 4125-0582.

O Espaço Sobrevento fica na Rua Coronel Albino Bairão, 42 – Metrô Bresser-Mooca – São Paulo – Telefone: (11) 3399-3589.

O CENFORPE - Centro de Formação dos Profissionais da Educação Ruth Cardoso fica na Av. Dom Jaime de Barros Câmara, 201 – Planalto – São Bernardo do Campo.

Os locais serão adaptados para receber os bebês e seus pais e contarão com assentos especiais para bebês, trocador, assentos sanitários infantis nos banheiros e brinquedoteca, além de um estacionamento para carrinhos de bebê.

Os espetáculos têm duração de 30 a 45 minutos. Capacidade e recomendação: 80 lugares - destinam-se a um bebê de 6 meses a 3 anos de idade com um acompanhante, em um total de 40 lugares para bebês e 40 lugares para acompanhantes, por sessão.

Ingressos gratuitos, distribuídos meia hora antes de cada sessão (no Espaço Sobrevento) e uma hora antes de cada sessão (no CLAC). É recomendável fazer reserva pelo e-mail info@sobrevento.com.br



2 ESPETÁCULOS NO SESC SANTO AMARO

O Sesc Santo Amaro recebe os espetáculos "São Manuel Bueno, Mártir" (para adultos) e "Mozart Moments" (para crianças). "São Manuel" conta a história de um santo que não acreditava em Deus e será apresentado nos dias 29, 30 e 31 de julho (sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 18h). Mozart Moments, que está comemorando 25 anos e mostra momentos curiosos do célebre compositor, será apresentado somente no sábado, 30 de julho, em três sessões: às 13h, 15h e 17h.

"São Manuel Bueno, Mártir" acontece em uma arena ocupada por uma mesa redonda, que representa o mundo. No centro dela, bonecos de madeira estáticos, fixos, sem qualquer articulação, confeccionados pelo escultor Mandy. São pelo menos 30 bonecos que representam os personagens da trama e o povo da pequena cidade onde se desenrola a história. Os três atores-manipuladores, representando os personagens Dom Manuel, Angela e Lázaro, movimentam estes bonecos como se fossem peças de xadrez ou figuras de um presépio. A trilha sonora do espetáculo, realizada ao vivo, foi criada especialmente pelo pernambucano Henrique Annes, um dos fundadores do Movimento Armorial, virtuoso do violão recifense e que comemora os seus 50 anos de carreira. A música de Annes, que transita entre o erudito e o popular, é executada por três músicos, ao violão, violoncelo e bandolim. Os ingressos custam de R$ 6 a R$ 20 e estão à venda no site do Sesc. Saiba mais clicando AQUI.

MOZART MOMENTS - 25 ANOS

Dois distintos cavalheiros e uma jovem senhorita do século XVIII tiram, de uma pequena carroça, bonecos que não tem fios, não tem varas, mas parecem ganhar vida própria, e até mesmo, respirar. Os bonecos do SOBREVENTO nos contam momentos curiosos da vida agitada de Mozart: suas brigas com a mulher, uma das confusões em que se meteu, uma ida ao cabeleireiro e, também, a sua morte. A peça mostra um Mozart irreverente, vaidoso e brincalhão, um pai severo mas carinhoso, uma esposa meiga mas implicante, tudo isto com grande delicadeza e de uma forma divertida e ao mesmo tempo tocante. Os ingressos são gratuitos. Saiba mais clicando AQUI.